Mas o que é mesmo essa tal Segurança do Trabalho?

Por: Tônia Amanda Paz dos Santos (a autora permite cópia, desde que seja citada a fonte)

Que trabalhador, formal  (aquele com carteira assinada) ou não, nunca se viu às voltas com perigos ou riscos ao realizar suas atividades rotineiras de trabalho? seja um piso molhado, que, por pouco, não provocou-lhe uma queda; seja aquele fio desencapado da furadeira elétrica que nunca é consertado, apesar dos pedidos; seja o animal peçonhento, pronto para dar o bote, lá na roça que o patrão mandou capinar?

Pois é, todas essas situações (e outras, que eu não citei, mas sei que você deve ter lembrado) representam perigos encontrados nos ambientes de trabalho que, se não forem controlados ou eliminados, podem causar um grave acidente ao trabalhador: uma queda; um choque elétrico ou uma picada de cobra.

Além dos acidentes, algumas condições inadequadas dos ambientes de trabalho, como calor ou frio intensos; posto de trabalho mal adaptado; esforço físico intenso; ruídos altos contínuos; falta de conforto sanitário etc, podem fazer com que o trabalhador adoeça.

E quando o trabalhador sofre um acidente ou adoece por conta dos perigos e riscos existentes em seu ambiente de trabalho, o que acontece? muitos podem pensar ” coitado, ele se deu mal”. Não deixa de ser verdade. Mas, quando isso acontece, não é só o tal “coitado” que sofre. Especialmente, se esse acidente ou essa doença gerou afastamento do trabalhador- no linguajar popular: se ele “entrou no INSS”. 

Pois é, nesse caso, todos nós, direta ou indiretamente, sofremos junto. Duvida? então veja só:

 O trabalhador sofre, porque perde ou tem diminuida sua capacidade de trabalhar;

O empregador sofre, porque aumentam seus custos com indenizações, multas, recolhimento de taxas; capacitação de um novo funcionário; queda na produtividade; insatisfação e desmotivação dos outros funcionários; imagem da empresa fica desgastada, etc.

O Governo sofre, porque aumentam seus custos com pensões; pagamento de seguros; auxílios doença e de acidente; etc.

O Meio Ambiente sofre, porque muitos acidentes acarretam outros sinistros, como vazamento ou derramamento de produtos perigosos, explosões de fornos, reatores e caldeiras, vazamento de gases tóxicos etc, podem impactar negativamente águas, solos, florestas, atmosfera etc. 

A sociedade sofre, porque o dinheiro que é gasto com despesas relacionadas a acidentes e doenças do trabalho poderia ser utilizado em melhorias na saúde pública etc.

Entendeu a complexidade por detrás de um acidente ou doença motivados pelos perigos e riscos existentes no nosso ambiente de trabalho? É  para tentar evitar que todos nós acabemos perdendo nessa situação, ou para minimizar essas perdas, que entra em cena a Segurança do Trabalho.

Bem, a essa altura do campeonato, você já deve ter chegado a suas próprias conclusões sobre o que seja Segurança do Trabalho. Mas vamos expandir um pouquinho nossa visão sobre esse termo tão atual?

Para Vieira (2000, p.259), a Segurança do Trabalho “pode ser resumida em uma frase: É a prevenção de perdas.  Estas  perdas  às  quais  devemos  nos  antecipar  referem-se  a  todo
tipo de ação técnica ou humana, que possam resultar numa diminuição das funções  laborais  (produtivas, humanas, etc.). A segurança do  trabalho são os meios preventivos (recursos), e a prevenção dos acidentes é o fim a que se deseja chegar”.

Para Marras (2000, p.199), Segurança do Trabalho é “a área que responde pela segurança  industrial, pela higiene e medicina do trabalho relativamente aos empregados da empresa, atuando tanto na área de prevenção quanto  na  de  correção,  em  estudos  e  ações   constantes  que envolvam acidentes no  trabalho e a saúde do  trabalhador”.

Resumindo, Segurança do Trabalho pode ser entendida como os conjuntos de medidas que são adotadas visando eliminar ou minimizar os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, doenças do trabalho, visando proteger a integridade e a capacidade de trabalho do trabalhador e prevenir as perdas (de qualquer natureza) relacionadas a essas ocorrências.  

Pelos motivos exemplificados anteriormente, a responsabilidade em praticar a segurança no trabalho, não se restringe à empresa ou ao trabalhador. Todos nós somos responsáveis em desenvolver a cultura de segurança e colocá-la em prática. Refiro-me à cultura no seu sentido mais literal (cultura, do latim colere, que significa cultivar), porque a segurança é algo que deve ser cultivada, alimentada com conhecimento e ações, de forma a se tornar habitual em nossas vidas.

E como praticar segurança no trabalho?

Há um ditado que diz: “Melhor do que limpar é não sujar”. Certíssimo. A melhor forma de praticarmos a segurança em nosso trabalho é através da prevenção. E por falar em limpeza, um ambiente de trabalho limpo e organizado já contribui muito para se evitar uma série de acidentes. E a higiene pessoal é essencial para se evitar doenças. 

Mas as medidas de prevenção e controle não param por aí não. Entretaaaaanto…. isso já é assunto para um outro post. Por enquanto, vamos nos contentar com essa breve conversa sobre Segurança do Trabalho.

Fique ligado e até breve.

Se você curtiu esse post, deixe um comentário aí em baixo!

Anúncios
Esse post foi publicado em Artigos e marcado , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Mas o que é mesmo essa tal Segurança do Trabalho?

  1. é, tem gente q acha q ñ precisa, mais é muito importante, belo post ^^

  2. Rubi disse:

    É sempre bom ficar desconfiado em relação ao trabalho. Antes a vida do que o emprego. Segurança acima de tudo!

  3. rsk8 disse:

    Mt bom Belo Post ^^

  4. Lucas Araujo disse:

    Sou la do kdoido.blogspot.com e adorei o post. Vlw pela visita.Abraço

  5. Segurança no trabalho é muito importante para um bom rendimento profissional tanto para ambas as partes

  6. É extremamente importante para a boa condução do trabalho!
    ´Parabéns pelo Blog!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s