Por que reflorestar as margens de rios e nascentes é tão importante?

Por: Tônia Amanda Paz dos Santos

(a autora permite cópia, desde que citada a fonte e/ou indicado um link para este blog)

A ganância por áreas favoráveis a agricultura, pecuária, loteamentos e construções em nosso país tem contribuído para agravar um sério problema ambiental: a redução da mata ciliar, com consequente assoreamento do leito dos rios e comprometimento das nascentes. A solução para se reverter esse quadro é simples: reflorestar as margens dos nossos rios e nascentes.

Para ter noção da importância e dos benefícios desse tipo de reflorestamento, precisamos entender o que é mata ciliar:

De acordo com o Glossário de Termos Hidrológicos da Agência Nacional de Águas – ANA – Mata Ciliar é aquela que cresce naturalmente nas margens de rios ou córregos ou foi reposta, parcial ou totalmente, pelo homem. Sua função de proteção aos rios é comparada aos cílios que protegem os olhos, daí o seu nome.

A mata ciliar também é conhecida como mata de galeria, mata de várzea, vegetação ou floresta ripária. A área composta de mata ciliar é considerada pelo Código Florestal Federal como APP – “área de preservação permanente”, devendo possuir uma extensão específica a ser preservada de acordo com a largura do rio, lago, represa ou nascente¹.

Sem a proteção oferecida pelas matas ciliares, os rios e nascentes ficam vulneráveis, dentre outros problemas, a:

  • Escassez de água ou ressecamento dos olhos d’água: a água da chuva escoaria sobre a superfície, não permitindo sua infiltração e armazenamento no lençol freático.
  • Erosão e Assoreamento: a terra das margens ficam sem apoio e acabam caindo diretamente dentro do rio, tornando-o barrento, dificultando a entrada da luz solar e, consequentemente, dificultando a vida aquática de seguir seu ciclo.
     
  • Erosão e assoreamento dos corpos d'água

Em entrevista para o  site do Globo Ecologia, o coordenador do Programa da Amazônia da ONG WWF-Brasil, Mauro Armelin, falou sobre reflorestamento. Segundo ele, a floresta tem função na regulação. No caso do reflorestamento nas margens, além da função física, de construção civil, de segurar a barranca com suas raízes, as espécies plantadas nas margens também protegem a vegetação lateral do rio, que é a chamada mata ciliar. Além de não perder solo, que pode assorear o rio”. E continuou: Nascente de água é aquela água que brota no solo. Se deixamos ela exposta ao sol ou com uma cultura por cima que não está integrada com o regime hídrico, ela vai secar.

Solução:

A solução para o problema é devolver às margens dos rios e das nascentes a vegetação típica da região em que se encontram. É importante a utilização de espécies nativas no processo de reflorestamento pois, a flora nativa, sofreu um rigoroso processo de seleção natural, através de milhares de anos de interação com aquele meio ambiente, gerando, assim, espécies geneticamente resistentes e adaptadas ao local onde ocorrem. Portanto, são ideais para desempenhar a função de controlar o excesso de água das chuvas no solo; evitar a perda de água dos rios e oceanos; gerenciar a filtração e a absorção de resíduos presentes na água; evitar o escoramento e a erosão do solo, além de fornecer alimentação e abrigo para agentes polinizadores.

A Embrapa, através da unidade Embrapa Clima Temperado , vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, orienta ações de recuperação de matas ciliares. Visite o site e conheça o que está sendo feito no Brasil.

Mata Ciliar Conservada

Paraná dá o exemplo:

Visando buscar soluções para os problemas relacionados à reconstituição, manutenção e proteção das áreas de preservação permanente, tendo como foco as matas ciliares, o Governo do Estado do Paraná, sob a coordenação da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – SEMA, com a Secretaria de Estado do Planejamento – SEPL e Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento – SEAB, com suas respectivas Instituições vinculadas, e com apoio de um comitê assessor interinstitucional, lançou o Projeto Mata Ciliar em novembro de 2003. O projeto constitui o maior projeto de Mata Ciliar do Brasil (Fonte: Portal São Francisco)

Conheça mais sobre o Programa Mata Ciliar acessando o site www.mataciliar.pr.gov.br.

Crédito de Imagem: site do Programa Mata Ciliar do Governo do Paraná

¹Uma das principais críticas às alterações no Código Florestal Brasileiro diz respeito ao uso de áreas de preservação permanente (APPs). Uma emenda aprovada na Câmara, em maio deste ano, deu origem ao artigo que legitima as APPs ocupadas com atividades agrossilvipastoris, ecoturismo e turismo rural, desde que consolidadas até 22 de julho de 2008. A data é referente à publicação do Decreto 6.514, que regulamentou punições a infrações contra o meio ambiente, conforme a Lei dos Crimes Ambientais (Lei 9.605/98).

Anúncios
Esse post foi publicado em Artigos, Meio Ambiente e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

12 respostas para Por que reflorestar as margens de rios e nascentes é tão importante?

  1. fatima zanin disse:

    É muito importante preservar nascentes,margens de rios, lagos, e pequenas vertentes.

    • Tem toda razão Fátima,

      A proteção das matas ciliares é de fundamental importância para a manutenção dos nossos recursos hídricos. A água doce em nosso planeta, ao contrário do que muitos possam pensar, é muito rara: menos de 4% de toda a água do planeta. E menos de 1% está facilmente acessível aos seres humanos (em rios e lagos). E proprietários de terra gananciosos, aliados a políticos inescrupulosos, pretendem fazer passar um projeto de lei absurdo que diminui a área dessa proteção natural.

      O pior é que muitos de nós nem tem conhecimento desse tipo de crime contra o meio ambiente em que vivemos e do qual dependemos.

      Um abraço e obrigada pela participação e apoio à causa

  2. charlesnetto disse:

    Obrigado por você estar divulgando este grande Projeto que constitui o maior projeto de Mata Ciliar do Brasil (Fonte: Portal São Francisco), este exemplo deviria, ser seguidos em tod o Nosso Brasil fica ai registrado esta ideia,ok!!!!!!!!!!!!!

    • Olá meu amigo Charles,

      Realmente, as boas ideias devem servir de exemplo mesmo. E pode crer que já estão sendo seguidos.
      Obrigada pela participação através do seu comentário, que só vem enriquecer minha postagem.
      Um grande abraço!

  3. LISON COSTA disse:

    Saudações!
    Amiga AMANDA PAZ:
    Mais um excelente artigo que você nos apresenta!
    Afora essas ações que você registrou, existe outra que, devemos lembrar, é o problema da investidas das pequenas em grandes mineradoras fazendo montanhas de crateras e deixando-as a céu aberto. Um verdadeiro crime contra a natureza. Acho que o homem tem a obrigação de reflorestar e também fazer o repovoamento das espécies que um dia tanto alimentou milhares de famílias e hoje, se encontram comprometidas ou em processo de extinção.
    Parabéns por mais um magnífico Post!
    Abraços,
    LISON.

    • Olá meu bom amigo,

      Você lembrou bem. A mineração é uma das atividades que mais impactam o meio ambiente. Algumas empresas realizam um trabalho sério de mitigação e reparação desses impactos (nada mais do que a sua obrigação, é claro). Entretanto, ainda há muitas outras que cometem esse tipo de crime sem receber a punição devida. Aqui no sul de Minas isso é muito comum nas atividades de extração de pedras. Quem paga a conta disso somos todos nós e as próximas gerações, que perdemos o direito a um meio ambiente saudável e protegido.

      Esta semana eu assisti a um episódio da série de documentário “Uma Odisseia na Amazônia” (TV Brasil), falando sobre os impactos sociais e ambientais gerados pelas atividades (ilegais) do narcotráfico que, ao utilizar clareiras na floresta para produção de pasta-base de cocaína, acabam destruindo florestas e poluíndo aságuas com toneladas de produtos tóxicos (como querosene, gasolina, água sanitária , etc) utilizados no processo e depois jogados diretamente nos rios do país. E o pior é que, como não há perspectiva nenhuma para o povo, sempre há quem aceite esse trabalho. A troco de uns míseros dólares, acabam prejudicando a si próprios e ao meio ambiente em que eles mesmos vivem. Situação triste. Se você puder, eu recomendo que assista.

      Obrigada pela sua colaboração, sempre trazendo novas considerações sobre o assunto tratado. Um grande abraço!

  4. Fábio Siebra disse:

    Olá Amanda

    A mata ciliar é um dos fatores para que haja vida no rio,aqui em minha cidade ela é rodeada de lagoas e cortada por diversos rios – um que conserva mais a mata ciliar por causa de sua localização zona rural e o outro o considerado é o rio Jaguaribe que é assoreado e poluído isso quando ele não está seco.

    Meu curso, e eu faço parte da equipe nos inscrevemos numa gincana ecológico e com consciência de reciclagem,e no nosso projeto tinha a ampliação de nossa APA (aqui na faculdade) e o reflorestamento da mata ciliar. Infelizmente não vencemos,mas despertou o olhar de preservação da população e isso já foi um passo importante.

    Empresas gostaram do nosso projeto que seria um começo de um cinturão ecológico aqui na região. Acredito que conseguiremos.

    Um Abraço

    • Olá Fábio,

      Obrigada por compartilhar aqui no blog suas experiências e ações em prol da preservação do meio ambiente. Quanto ao resultado da gincana sobre a que você se referiu, acho que não houve perdedores. Quer melhor forma de conscientização do que através do exemplo? através das nossas atitudes e ações? Vocês estão de parabéns. Continuem firmes e fortes e conseguirão alcançar seus objetivos. Torcerei para que consigam.
      E não deixe de me informa sobre os resultados.
      Quem sabe eles não possam ser publicados aqui no blog? seria uma honra.
      Abraços e até mais.

  5. Isabô Melina disse:

    Olá, tudo bom?
    Faço parte do Leo Lions Clube Evolução de Ilha Solteira e estamos fazendo uma campanha virtual sobre o reflorestamento e preservação de árvores.
    Copiei partes do seu texto, mas coloquei os devidos créditos.
    Achei que vc gostaria de saber.
    Se quizer conhecer um pouco mais sobre a campanha e nos ajudar, acesse nosso facebook.
    http://www.facebook.com/profile.php?id=100003139443548

    Att

    • Amanda Paz disse:

      Bom dia Isabô,

      Fico feliz por ter contribuído, de alguma forma com sua campanha. Já acessei o perfil no face e já o adicionei. Também compartilhei a campanha no meu mural.
      Caso vocês tenham algum material na Internet, sobre a Campanha, envie-me por e-mail, que eu publico no blog também.
      Um grande abraço e obrigada pela visita.
      Volte sempre.

      Abraços!
      Amanda Paz

  6. Eu criei uma petição e espero que possam assiná-la. Ela se chama: Queremos solução das autoridades competentes ao esgoto sanitário jogado no Rio Jacuípe..
    Eu realmente me preocupo sobre este assunto e juntos nós podemos fazer algo a respeito disso! Cada pessoa que assina nos ajuda a chegarmos mais próximo do nosso objetivo de conseguirmos o Maximo de assinaturas — será que você pode nos ajudar assinando a petição?
    Clique aqui para ler mais a respeito e assine:
    http://www.avaaz.org/po/petition/Queremos_solucao_das_autoridades_competentes_ao_esgoto_sanitario_jogado_no_Rio_Jacuipe/?copy
    Campanhas como esta sempre começam pequenas, mas elas crescem quando pessoas como nós se envolvem — por favor reserve um segundo agora mesmo para nos ajudar assinando e passando esta petição adiante.
    por favor repassar para seus amigos.
    Muito obrigado,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s